O Mistério das Quatro Chaves - Uma brincadeira espetáculo

Livre adaptação de texto "As Quatro Chaves" de Ilo Krugli do Grupo Teatro Vento Forte de São Paulo, para teatro de rua. Uma aventura poética que assume características de uma brincadeira de rua, girando em torno de quatro personagens/bonecos de grandes dimensões e seus desejos: o Gigante deseja ter um coração, o desconhecido procura uma conhecida, a Joana quer ter muitos filhos e Seu Zé quer fazer pães para os filhos da Joana. As músicas gaúchas; Balaio, Pezinho, Jardim da Saudade, Mercedita, Tatu, Para-Pedro entre outras, muito presentes no imaginário de infância e conhecidas do nosso folclore são executadas ao vivo, aproximando um público diverso à brincadeira, que participa diretamente das cenas, dançando e brincando. A reciclagem do lixo ou dos materiais que não são mais utilizados para o consumo, compõe simbólica e concretamente os elementos cênicos (figurinos, bonecos e adereços). Regatando a memória dos tempos de criança, o público de todas as idades é convidado a amassar o pão e confeccionar os desejos dos nossos amigos com materiais simples e reciclados, construídos com solidariedade me alegria. Os desejos são furtados e trancados num baú com quatro trancas, e as chaves espalhadas pelos quatro cantos do mundo: no fundo do mar, embaixo da terra, no alto do céu e entre o dia e a noite. Os participantes são novamente convidados a entrar nesta viagem, uma aventura em busca das chaves escondidas, percorrendo caminhos que utilizam estímulos sensoriais na percepção do meio ambiente.